De olho no G-4, Vasco e Cruzeiro fazem duelo em São Januário

por GLOBOESPORTE.COM Rio de Janeiro
Vasco e Cruzeiro se enfrentam neste sábado, às 18h30m (de Brasília), em São Januário, com um só pensamento: uma vitória para se aproximar do G-4. As duas equipes são concorrentes diretos. A equipe carioca está em nono lugar com 22 pontos, e ultrapassará o adversário mineiro, que tem 24 e está em sexto, se conseguir se sair bem dentro de casa. Mas a Raposa, animada após a vitória sobre o vice-líder Corinthians na última rodada, promete ser um rival à altura.
A principal esperança dos cruzmaltinos é a volta de Carlos Alberto. Mas o time da Colina luta contra um retrospecto ruim para superar. Nos últimos cinco confrontos entre as equipes (ou quatro anos), o Cruzeiro não sabe o que é perder. O Vasco venceu pela última vez o time mineiro no primeiro turno do Brasileiro de 2006, quando fez 1 a 0 em São Januário (gol de Ramon).
O PFC transmite a partida ao vivo, pelo sistema pay-per-view, e o GLOBOESPORTE.COM acompanha todas as emoções em Tempo Real, com vídeos.
Equipe cruzmaltina terá de volta o capitão Carlos Alberto
Carlos Alberto no treino do Vasco 
Carlos Alberto no treino do Vasco
(Foto: Jorge Wiliam / Agência O Globo)
Depois de ser encurralado no Morumbi pelo São Paulo e não dar um chute a gol sequer, o Vasco agora quer assumir a condição de mandante do jogo e fazer o dever de casa. O técnico Paulo César Gusmão terá o retorno do capitão Carlos Alberto, que cumpriu suspensão na última rodada. Ele fará dupla de ataque com Éder Luis. Quem deixa a equipe é o volante Romulo, que levou o terceiro amarelo e terá que cumprir suspensão.
Outra mudança na equipe será a ida de Felipe da lateral-esquerda para o meio de campo, onde o camisa 6 deseja jogar. A tendência é que Irrazábal seja improvisado na lateral. Carlos Alberto acredita que a presença do camisa 6 no meio irá dar mais força ofensiva ao time.
- O Felipe no meio tem uma qualidade que todos conhecem. Ganhamos no passe final. Com ele na lateral, perdíamos isso. No meio ele orienta, ocupa os espaços e dá mais mobilidade para o Zé (Roberto). Com ele, chegamos mais fortes no ataque.
PC Gusmão pediu respeito ao Cruzeiro e lembrou que o time venceu o vice-líder Corinthians na última rodada. Ele, no entanto, lembrou que jogando na Colina o Vasco tem que assumir as rédeas da partida para ir em busca da vitória e deixar o G-4 mais perto.
- Tive o prazer de trabalhar com a maioria do pessoal lá do Cruzeiro. É um clube que tem a tradição de estar lá em cima, disputar a Libertadores. Acabou de ganhar do Corinthians. Será outra final para nós. Precisamos ter a consciência de que é um adversário forte, mas temos que buscar a vitória, ainda mais em São Januário. Semana passada estávamos a três pontos do G-4, e agora estamos a dois. Temos que pensar nesta evolução

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VEJA O VÍDEO DO ESTUPRO DA MENINA DE 14 ANOS NA COLÔNIA AGRÍCOLA PENAL NO PARÁ QUE REPERCUTIU NO MUNDO

SOMENTE PARA MAIORES DE DEZOITO ANOS. FOTOS NUAS DE BB!

Divulgada lista de aprovados no concurso para cargos de escrivão, investigador e papiloscopista