SIMÃO JATENE TEM 59%, REVELA PESQUISA DA UFPA

No detalhamento da pesquisa LCP/UFPA/Veritate divulgado ontem, o candidato da coligação Juntos com o Povo ao governo do Pará, Simão Jatene (PSDB) aparece com 59% das preferências do eleitorado, paraense, descontados os votos brancos e nulos.Protocolo da pesquisa número 16558/2010 TSE/TRE-PA.
A pesquisa mostra claramente que Jatene vence a eleição já no primeiro turno: ele tem 41.6% de intenções de votos. Todos os demais candidatos somados têm 32.6%.
- Então, podemos afirmar de que se a eleição fosse hoje não teria segundo turno, afirma o cientists político Edir Veiga, da UFPa, que coordenou a pesquisa.



Relatório Sintético do resultado da pesquisa LCP/UFPA/Veritate

Governador (estimulada)


Jatene 41.6%

Ana Júlia 24.5%

Juvenil 5.6%

F.Carneiro 1.4%

Cleber Rabelo 1.1%

Nenhum/branco/nulo 11.7%
Sem resposta 14.1%


Governador (espontânea)

Jatene 36.7%

Ana Júlia 21.3%

Juvenil 4.7%

Cleber Rabelo 0.7%

Fernando Carneiro 0.6%
Outro 0.2%
Nenhum/branco/nulo 10.4%

 Sem resposta 25.4%


Total 100%


Para Senador:

Jader 33.5%
Paulo Rocha 22.4%
Flexa 21.3%
Marinor 4.2%
Abel Ribeiro 1.1%
Prof. Neide 1.4%
Paulo Braga 1.2%
João Agugusto 1.2%
Savanas 0.3%
Yamada 0.4%

Interpretando a Pesquisa LCP/UFPA/Veritate


Jatene tem 41.6% de intenções de votos. Todos os demais candidatos somados têm 32.6%. Então podemos afirmar de que se a eleição fosse hoje não teria segundo turno. Para que haja segundo turno todos os demais candidatos teriam de aumentar suas intenções de votos em 9%. Em síntese, hoje, sem votos brancos e nulos, Jatene têm 59% de preferência do eleitorado paraense.

Eleitores que declaram que não votam em ninguém: 11.7% e sem resposta: 14.1%, perfazendo um total de 25.8%.

Votos brancos e nulos nas eleições majoritárias (governador, presidente e prefeito) não tem passado de 6% nas últimas eleições. Isto posta, Ana Júlia e os demais candidatos tem de lutar para conquistar 75% dos votos de 20% dos eleitores que declaram que votarão em branco, nulo ou não sabem, em caso contrário, Jatene mata no primeiro turno. A situação é dificílima para os adversários do tucano.

O raciocínio é o seguinte:

Cada ponto percentual deve significar em torno de 36 mil votos ( considerando que os votos válidos seriam em torno de três milhões e seissentos mil eleitores).
20% significaria: 720 mil votos
Jatene está há nove pontos acima dos 50%, ou seja: 324 mil votos
Para Ana Júlia garantir o segundo turno, todos os candidatos somados precisariam ganhar mais nove por cento (324 mil votos) e mais 50% de 10% mais um dos indecisos (ou de 360 mil votos).
Em outras palavras, para termos segundo turno, os demais candidatos precisam conquistar 75% dos 20% dos indecisos ( que perfazeriam 720 mil votos), venhamos e convenhamos, não é uma tarefa fácil. Normalmente os indecisos costuman se dividir na mesma proporção das intenções de votos.
 
E se a eleição para o segundo turno dessa eleição para o Governo fosse hoje e estivessem concorrendo dois candidatos...Em quem você votaria?


Jatene: 51.4%

Ana Júlia: 28.3%

Nenhum/Branco/Nulo: 9.9%

Sem resposta: 10.4%

Sem comentários. Os números falam por sí.

A pesquisa divulgada ontem não captou os efeitos que a impugnação de Paulo Rocha em relação a disputa para o senado. Quando ocorreu a impugnação estávamos já fazendo o "campo" e o grande público só toma conhecimento destas informações nos dias seguintes ao acontecimento.
Uma coisa já sabemos, Jáder, nos dez dias posteriores à sua impugnação pelo TSE perdeu 12 pontos na capital. Mas uma coisa também é certa, a impugnação de Jáder foi super divulgada, a de Rocha, foi pouco explorada, e talvez este fato minimize as perdas imediatas de Rocha, no que concerne às intenções de votos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VEJA O VÍDEO DO ESTUPRO DA MENINA DE 14 ANOS NA COLÔNIA AGRÍCOLA PENAL NO PARÁ QUE REPERCUTIU NO MUNDO

SOMENTE PARA MAIORES DE DEZOITO ANOS. FOTOS NUAS DE BB!

Divulgada lista de aprovados no concurso para cargos de escrivão, investigador e papiloscopista