Avião da Gol que saiu de Santarem pousa com pneu estourado em Salvador

Um avião da Gol, que viajava de Brasília para Salvador, sofreu danos no  pneu principal da aeronave após a decolagem. Segundo informações do Terra, o pouso aconteceu “normalmente”, segundo a assessoria da companhia aérea. De acordo com nota da Gol, "o pouso com um dos pneus danificados é um procedimento previsto pelo fabricante."

O voo 1866 decolou às 17h52 de Brasília com destino à capital baiana. Após a decolagem, o comandante suspeitou de danos no pneu principal da aeronave. A confirmação do dano veio da administração aeroportuária.

Segundo a Gol, pela avaliação do comandante, todos os parâmetros da aeronave estavam normais, "o que possibilitou o prosseguimento do voo". Por conta disso, a Infraero informou ter montado uma estrutura de emergência no aeroporto de Salvador para receber o avião.

Apesar do problema, a aeronave pousou tranquilamente, às 19h21, e não enfrentou problemas. Os 174 passageiros que estavam a bordo do avião não sofreram nenhum tipo de ferimento. Segundo a Infraero, o incidente não afetou o aeroporto e os pousos e decolagens seguiram funcionando normalmente.
 

LEIO O RELATO DE UM PASSAGEIRO DA GOL EM UM MOMENTO DELICADO

Não foi bem assim, na hora que o avião ainda em Brasília estava taxiando, em determinado momento antes do mesmo entrar na pista principal para a decolagem, ouvi um estouro e estilhaços de Pneu, o avião parou, pensei que o piloto tinha percebido tal anormalidade, no entanto ele parou para acionar a turbina e acelerar para a decolagem. No momento gritei para os comissários o ocorrido mais já era tarde o avião decolava com um enorme barulho logo abaixo da minha poltrona. Solicitei imediata informação do piloto para saber se o mesmo tinha conhecimento da situação, os comissários foram ate a cabine e voltaram dizendo que estava tudo tranquilo e que o piloto checaria o ocorrido. Mesmo assim solicitei q o piloto entrasse em contato com a torre em Brasília para averiguar estilhaço de pneu na pista onde decolamos e se confirmado os estilhaços do pneu, solicitasse a torre de Salvador para adotar procedimentos de emergência na pista. Nesse momento procuramos manter a calma no fundo da aeronave para que os passageiros não entrassem em panico e rezávamos para que na hora do pouso tudo desse certo. Na hora do pouso, o piloto com muita habilidade pousou mesmo com o avião tendendo para o lado esquerdo e com um barulho muito grande abaixo da minha poltrona, ai um susto ainda maior, outro barulho de estouro de pneu todos em panico, mais felizmente a aeronave parou sem nenhum dano aos passageiros. Tivemos a real noção da situação quando o avião parou, carros do corpo de bombeiro, ambulâncias e resgate na pista parecendo filme. Susto passado ficam perguntas no ar. Sera q as inspeções de segurança são realizadas como deveriam. Com toda tecnologia o piloto não percebeu que um dos pneus havia estourado. Precisamos que a Anac e a Infraero venham a publico prestar informações para que desastres como alguns já ocorridos não venham a acontecer por irresponsabilidade de quem quer que seja. Estou a disposição para maiores esclarecimentos. 

Atenciosamente, 

Marcos Etiopia, passageiro que estava no avião


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VEJA O VÍDEO DO ESTUPRO DA MENINA DE 14 ANOS NA COLÔNIA AGRÍCOLA PENAL NO PARÁ QUE REPERCUTIU NO MUNDO

SOMENTE PARA MAIORES DE DEZOITO ANOS. FOTOS NUAS DE BB!

Divulgada lista de aprovados no concurso para cargos de escrivão, investigador e papiloscopista