Polícia Federal vai investigar “RG indígenas”

Folha de S. Paulo
Após indiciar um líder indígena por suspeita de falsificação do Registro Administrativo de Nascimento de Índio (Rani), a Polícia Federal no Amazonas fará uma devassa nesses documentos.
A PF tenta entender o boom na emissão de “RGs indígenas” no Amazonas: de uma média de 159 Ranis por ano de 2000 a 2007, o número passou a 1.143 por ano de 2008 a 2011 –salto de 619%.
A PF detectou que o aumento anormal na expedição dos documentos se deu a partir de 2007, ano da emissão do registro de Paulo Ribeiro da Silva, o Paulo Apurinã, indiciado sob a suspeita de falsificação de documento.
O Rani é um documento administrativo da Funai, que subsidia a identificação do índio e o pedido de benefícios (aposentadoria especial, cotas em universidades, inclusão em programas sociais).
Para o superintendente da PF no Estado, Sérgio Fontes, dada a fragilidade da Funai, “muitos registros foram [emitidos] na esteira da fraude”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VEJA O VÍDEO DO ESTUPRO DA MENINA DE 14 ANOS NA COLÔNIA AGRÍCOLA PENAL NO PARÁ QUE REPERCUTIU NO MUNDO

SOMENTE PARA MAIORES DE DEZOITO ANOS. FOTOS NUAS DE BB!

Divulgada lista de aprovados no concurso para cargos de escrivão, investigador e papiloscopista