Delegado da PF é detido por não respeitar blitz da Lei Seca

Um delegado da Polícia Federal (PF) do Pará  foi detido no início da madrugada desta terça-feira (9) no Rio de Janeiro após tentar furar um bloqueio da Lei Seca, informou a Polícia Civil.
O policial, identificado como Marcelo de Souza, não respeitou a blitz montada na Estrada Intendente Magalhães, Vila Valqueire, Subúrbio do Rio. Segundo a Polícia Civil, o agente ofendeu e agrediu um policial militar, e acabou detido. O delegado da 28ª DP (Campinho), Geovan Omena, contou que que o delegado e o PM foram encaminhados ao Instituto Médico Legal para a realização de exames de embriaguez e corpo de delito.
"O delegado se recusou a colaborar com o perito nos exames de ingestão de álcool. Por isso, o laudo foi inconclusivo e não pude autuá-lo por embriaguez ao volante, com base na Lei Seca. Já o exame de corpo de delito comprova a agressão sofrida pelo PM", explicou Omena.
Souza, que não estava representado por nenhum advogado, foi autuado na  28ªDP (Campinho) por desobediência, desacato, resistência à prisão e lesão corporal. Omena disse que o delegado assinou um termo de compromisso  - que o libera do pagamento de fiança -  e  responderá ao processo em liberdade no Juizado Especial Criminal (Jecrim), no Rio.
"Ele é natural do Rio e foi policial civil antes de passar num concurso para delegado da Polícia Federal. Ele reconheceu o erro ao furar a blitz e disse que se reagiu porque os policiais militares foram muito rígidos na conduta de imobilização", disse Omena.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tenente faz postagens no face, e as fotos proliferaram via Whastapp

VEJA O VÍDEO DO ESTUPRO DA MENINA DE 14 ANOS NA COLÔNIA AGRÍCOLA PENAL NO PARÁ QUE REPERCUTIU NO MUNDO

Divulgada lista de aprovados no concurso para cargos de escrivão, investigador e papiloscopista