Policiais civis se alternam para conseguir atender casos em Itaituba-PA

Alguns delegados chegam a trabalhar em 3 municípios diferentes. Concurso público para suprir a demanda já estaria em fase de conclusão.

No oeste do Pará, delegados de Polícia Civil que atuam na Superintendência do Tapajós estão enfrentando dificuldades para garantir o atendimento à população: alguns policiais respondem por, pelo menos, duas delegacias. Alguns deles chegam a trabalhar em até três cidades.
Segundo o superintendente do Tapajós, Ednaldo Souza, o problema não é estrutural, já que as delegacias estão em boas condições, mas sim a carência de pessoal especializado. “Nós não temos município descoberto. Apesar de não ter delegado fixo lotado nós temos autoridades policiais para fazerem visitas e fazer o trabalho de rotina na polícia civil destes municípios [onde não há delegado]”, explica o superintendente.
A Superintendência do Tapajós abrange as delegacias dos municípios de Itaituba, Trairão, Rurópolis, Aveiro, Novo Progresso, Placas, Jacareacanga, e da comunidade de Castelo dos Sonhos, distrito de Altamira.
O delegado Alexandro Napoleão trabalha alternadamente nos municípios de Itaituba, Trairão e Jacareacanga. Porém, apesar das dificuldades, ele conta que consegue atender a alta demanda graças ao auxílio de outros funcionários da delegacia. “O pessoal que nós temos aqui, que apoia os serviços dos delegados de policia, é um pessoal bastante competente e comprometido com o serviço, e isso acaba facilitando para que um delegado possa dar conta do expediente de três delegacias”, conta o delegado.
O problema da falta de delegados deve ser solucionado, segundo a delegada geral adjunta, Cristiane Ferreira,  com a realização de um concurso público. “Com relação ao delegado responder por mais de uma unidade, essa situação é excepcional. Realmente acontece, não somente na polícia. Isso acontece em decorrência da necessidade de nós ampararmos todos os municípios do estado. Nós estamos com o processo de um concurso em andamento, este concurso já está na última fase, então assim que ele for concluído esta situação será extinta”, diz.
Fonte: Reportagem produzida por Cassiélle Anaiá Marques de Rangel
Imagens: Magno Sousa 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VEJA O VÍDEO DO ESTUPRO DA MENINA DE 14 ANOS NA COLÔNIA AGRÍCOLA PENAL NO PARÁ QUE REPERCUTIU NO MUNDO

SOMENTE PARA MAIORES DE DEZOITO ANOS. FOTOS NUAS DE BB!

Divulgada lista de aprovados no concurso para cargos de escrivão, investigador e papiloscopista