‘Dilma e Lula não gostam do Pará’, diz senador Mário Couto

"SENADOR PARAENSE FEZ A REVELAÇÃO BOMBÁSTICA NA TERÇA-FEIRA, EM PRONUNCIAMENTO NO SENADO".
Senador Mário Couto
Senador Mário CoutoEm pronunciamento na terça-feira (20), o senador Mario Couto (PSDB-PA) disse que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff “não gostam do Pará”, ao criticar a falta de repasse de verbas federais para a área dasaúde do estado.
Mário Couto disse ainda que “em toda a sua vivência política nunca viu uma governadora tão ruim” como Ana Julia Carepa (2007-2011), que governou o Pará de 2007 a 2011.
O senador observou que, folheando dados de quanto Lula teria ajudado o Pará, onde a governadora dizia ser afilhada do então presidente da República, constatou que “absolutamente quase nada” de verba federal foi destinada ao estado. – Não se viu no Pará, na gestão de Ana Julia, uma obra, a não ser o retorno próximo ao aeroporto Val de Cães – afirmou.
Mário Couto, no entanto, destacou a “habilidade” do atual governador Simão Jatene (PSDB) em priorizar a saúde, “transformando o setor em verdadeira revolução, fazendo hospitais de grande porte”, mas com verba da economia do estado para aplicar no setor.

Mário Couto ressaltou que “Dilma é perversa com o estado do Pará, não gosta do estado do Pará” e que, de 2011 a 2013, o governo federal não repassou “nada, absolutamente nada” para a saúde do estado. Se não fosse o governador Simão Jatene, afirmou, “não teríamos hospitais e saúde, não é aquilo que queremos ainda, mas pelo menos estamos fazendo esforço”. – Esse negócio de buscar médico fora é papo furado teu, Dilma, manda para o [arquipélago do] Marajó médicos alemães para tratar dos marajoaras – ironizou.
Em 2011, disse Mario Couto, a bancada do Pará reservou R$ 90 milhões no Orçamento da União para a compra de equipamentos de hospitais. “Não pagaram sequer um centavo, e o governador Simão Jatene comprou os equipamentos para fazer funcionar os hospitais”, afirmou. Em 2012, segundo ele, foram destinados R$ 45 milhões no Orçamento para a Santa Casa de Misericórdia, “mas Dilma não deu um tostão, e o governador vai reinaugurar a Santa Casa agora”. – Dilma disse ‘não aos paraenses, eu não gosto de vocês, não quero saber de vocês, eu não gosto de pobre, só gosto de rico’. Ela foi em São Paulo e deu dois bilhões e meio para obras, foi em Minas e deu um bi e meio para obras – afirmou.

Fonte: Agência Senado

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VEJA O VÍDEO DO ESTUPRO DA MENINA DE 14 ANOS NA COLÔNIA AGRÍCOLA PENAL NO PARÁ QUE REPERCUTIU NO MUNDO

SOMENTE PARA MAIORES DE DEZOITO ANOS. FOTOS NUAS DE BB!

Divulgada lista de aprovados no concurso para cargos de escrivão, investigador e papiloscopista