O 1° hambúrguer de célula-tronco foi degustado hoje em Londres

Segundo cientistas da Universidade de Maastric, na Holanda, daqui a 30 anos a carne de gado, ou de qualquer outro animal, será produzida em “fábricas de carne”, a partir de células-tronco.
O primeiro hambúrguer feito em laboratório foi apresentado e degustado hoje (5) em uma conferência científica em Londres.
Shot003
> Hambúrguer de US$ 750 mil
O preço desse hambúrguer, que os provadores declararam ser “próximo” ao paladar do “de verdade”, ainda é salgado: o processo custou 250 mil euros (R$ 760 mil), mas quando eu lembro que o meu primeiro aparelho de Fax, em 1976, custou US$ 2 mil e hoje (ainda tem que use) um pode ser comprado por US$ 64, é factível que daqui a 30 anos estejamos comprando carne de células-tronco no supermercado pelo mesmo, ou menor, preço que se paga hoje.
Shot004
> Produção em escala
A produção em escala é igual ao milagre da multiplicação dos pães: segundo os cientistas que desenvolveram a nova gênese, de apenas uma célula-tronco extraída de uma vaca, obtêm-se, três semanas depois, mais de um milhão de células-tronco, e o processo de mitose pode prosseguir indefinidamente. É claro que isso ainda não é tão simples assim como pode parecer no texto, mas daqui a 30 anos será.
> Fazendas de célula-tronco
Mas não se preocupem os fazendeiros. O processo não passa de uma nova fase de produção. A mais primitiva, que ainda grassa por aqui e alhures, foi a pecuária extensiva, onde o gado mais pisa do que pasta; depois veio o confinamento, mais sustentável, onde o gado mais pasta do que pisa. O próximo passo é a produção de células-tronco, onde o gado nem pasta e nem pisa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tenente faz postagens no face, e as fotos proliferaram via Whastapp

VEJA O VÍDEO DO ESTUPRO DA MENINA DE 14 ANOS NA COLÔNIA AGRÍCOLA PENAL NO PARÁ QUE REPERCUTIU NO MUNDO

Divulgada lista de aprovados no concurso para cargos de escrivão, investigador e papiloscopista