Projeto de Lei reconhece identidade sociocultural de Itaituba


Na sessão desta terça-feira (10), na câmara de vereadores foi aprovado um Projeto de Lei de autoria do vereador João Paulo, instituindo  o Dia 25 de julho, como o Dia do Garimpeiro.  Conforme o projeto, essa data fará parte do calendário de eventos do município de Itaituba.
O garimpeiro hoje continua sujeito anônimo de sua história sem o reconhecimento oficial de sua contribuição para o crescimento e desenvolvimento do município de Itaituba.  Como forma de preservar os elementos que compõem o perfil da identidade sociocultural de Itaituba, João Paulo, depois de pesquisar o advento da garimpagem na Província Aurífera do Tapajós, percebeu a existência de uma lacuna entre estes homens anônimos no contexto histórico e a estrutura social com suas classes dominantes e subalternas
 
Conforme o vereador, como verdadeiros bandeirantes, os garimpeiros foram desbravadores pioneiros, superando os obstáculos naturais e as adversidades, como a malária, por exemplo, pois,  um povo se identifica pelos vínculos culturais formados a partir de uma dinâmica social.
Como forma de reconhecimento público da classe garimpeira para o Município de Itaituba, o Projeto de Lei resgata a importância do garimpeiro que migrou para esta região contribuindo para o surgimento, através das novas gerações de uma população diversa e plural.
Identificação cultural
Também na sessão desta terça-feira (10), o vereador João Paulo teve requerimento aprovado solicitando a identificação de Itaituba como Cidade pepita, bem como, a construção da Praça do Garimpeiro.
Assessoria de  imprensa do
Vereador  João Paulo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VEJA O VÍDEO DO ESTUPRO DA MENINA DE 14 ANOS NA COLÔNIA AGRÍCOLA PENAL NO PARÁ QUE REPERCUTIU NO MUNDO

SOMENTE PARA MAIORES DE DEZOITO ANOS. FOTOS NUAS DE BB!

Divulgada lista de aprovados no concurso para cargos de escrivão, investigador e papiloscopista