DEPUTADO PAXIÚBA VISITA OBRA DA COSANPA, QUE FAZ PARTE DO PAC II.

  • DEPUTADO PAXIÚBA VISITA OBRA DA COSANPA, QUE FAZ PARTE DO PAC II. Obras da Cosanpa são retomadas em Itaituba. Mas quem pagará o prejuízo? Por: Francisco Amaral Do contrato com a CCM só sobrou a placa indicativa da obra. A Companhia de Saneamento do Estado do Pará (Cosanpa) responde pelos serviços de saneamento básico dos três municípios paraenses posicionados entre os últimos na pesquisa do Instituto Terra Brasil, realizada entre os 100 municípios com melhores condições de saneamento básico, baseada em indicadores como atendimento total de água, investimentos feitos no ano, receita do município, ligações que faltam para a universalização e perda de água, considerando roubo, desperdício e vazamentos. Belém, Santarém e Ananindeua aparecem no estudo, desenvolvido pela entidade em parceria com a consultoria especializada GO Associados e se baseia principalmente em dados de 2011 do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento Básico (SNIS), do Ministério das Cidades. Eng. Sérgio Melo e Dep. Dudimar Paxiúba Se as três maiores cidades do Pará que recebem melhor atenção e maior quantidade de recursos são as piores entre as cem cidades pesquisadas, o que dizer de Itaituba que deveria ser vista e atendida entre as oito maiores do estado, mas foi legada ao abandono pelo governo Jatene? Assumindo o governo do Pará no início de 2010, Simão Jatene durante estes três anos de governo só veio uma vez a Itaituba. Isto para recepcionar o Governador de Mato Grosso, quando em passagem pela cidade em expedição pela Rodovia Santarém/Cuiabá (BR-163), quando aproveitou para enganar a população anunciando melhorias ao povo itaitubense com investimentos para a conclusão dos trabalhos da Cosanpa, o que nunca aconteceu. A empresa CCM, responsável pela construção do novo sistema de capitação e tratamento de água de Itaituba, iniciou o trabalho e abandonou a mais de ano sem que a empresa ou o governo tenha prestado nenhuma explicação a sociedade. Após mais de ano com seus serviços paralisados, finalmente as obras da Cosanpa teve continuidade na manhã desta segunda feira(14) através da empresa Carmona Cabreira Engenharia, que a partir desta data, tem o prazo de 13 meses para concluir a obra, mas promete entregá-la três meses antes do prazo estipulado no contrato. Dudimar Paxiúba e Ari Rocha Na tarde desta segunda, o Deputado Federal Dudimar Paxiúba (PROS-PA) esteve visitando o canteiro de obra da empresa e conversou com o engenheiro Sérgio Melo e o encarrego dos serviços Edson Kagliary. Para Dudimar, que recentemente esteve em Belém cobrando com veemência a retoma das obras da Cosanpa, considerando tratarem-se de recursos oriundo do Governo Federal, através do PAC II, o governo do Pará estava pecando sem fiscalizar e sem cobrar o cumprimento do contrato por parte da empresa anterior que sempre demonstrou não ter condições e nem interesse de entregar a obra no tempo estipulado, exposto na placa indicativa. "Esperamos que finalmente tenhamos uma empresa responsável e nós iremos acompanhar fielmente os trabalhos na obra para que a população não tenha mais uma decepção e a obra seja entregue dentro do prazo deliberado no contrato assinado." Dep. Dudimar e o Encarregado Edson Kagliary Dudimar Paxiúba disse que o simples fato da obra ser concluída dentro do prazo firmado com a CCM, o governo já se tornou devedor junto aos consumidores da Cosanpa que tem pago por um serviço e não o receber com a qualidade devida, bem como junto a sociedade itaitubense que necessita urgentemente dos serviços de ampliação da rede hidráulica na cidade. Enquanto as obras prometidas por Simão Jatene encontravam-se a mais de ano paralisadas, apenas 20% da população é atendida pelos serviços da Cosanpa e fica a grande maioria a consumir água de poços construídos rudimentarmente e sem nenhum tratamento para consumo, o que tem provocado diversas doenças a população, principalmente em crianças e idosos que são atendidas diariamente nos postos de saúde sentindo fortes dores na barriga e até diarréia. A obra da Cosanpa em Itaituba não pode servir como mais um exemplo de impunidade pelo descaso do serviço público. Quem vai ressarcir os clientes da Cosanpa que pagam ser receberem um serviço de qualidade? Quanto foi pago a empresa CCM que abandonou a obra inacabada? Quem ressarcirá as famílias que sofrem por não terem acesso a este serviço público excencial? E os gastos que o município teve na área de saúde em decorrência das doenças causadas a população pelo consumo da água não tratada? Com a palavra o Ministério Público!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VEJA O VÍDEO DO ESTUPRO DA MENINA DE 14 ANOS NA COLÔNIA AGRÍCOLA PENAL NO PARÁ QUE REPERCUTIU NO MUNDO

SOMENTE PARA MAIORES DE DEZOITO ANOS. FOTOS NUAS DE BB!

Divulgada lista de aprovados no concurso para cargos de escrivão, investigador e papiloscopista