Belfort nocauteia Hendo e aguarda vencedor de Spider x Weidman

Brasileiro atropela americano e decreta primeiro nocaute da carreira de Dan Henderson, com apenas 1m17s do primeiro round, na luta principal da noite

Por Goiânia
1301 comentários
A trajetória recente de Vitor Belfort tem sido marcada por vitórias contundentes. Desde o nocaute sofrido contra Anderson Silva, o Fenômeno enfileirou adversários. A exceção foi a disputa de cinturão dos meio-pesados, contra Jon Jones. Neste sábado, o brasileiro mostrou - mais uma vez - que merece ter nova chance de desafiar o campeão dos médios. E desta vez, terá, como já assegurou o presidente do Ultimate, Dana White. Em Goiânia, contra Dan Henderson, ele decretou a terceira derrota seguida ao americano, por nocaute, o primeiro sofrido por ele, aos 1m17s, do primeiro round.
Após a histórica vitória, ele aguarda o vencedor da revanche entre Chris Weidman e Anderson Silva, que será disputada dia 28 de dezembro, no UFC 168, em Las Vegas. 
Vitor Belfort e Dan Henderson UFC Goiânia (Foto: Rodrigo Malinverni)Vitor Belfort nocauteou Dan Henderson no primeiro round do combate (Foto: Rodrigo Malinverni)
A torcida cantava "olê, olê, olê, Vitor, Vitor", mas o primeiro minuto foi de nenhuma ação. Os lutadores se estudavam. Quando Dan Henderson partiu para cima, sequer pôde saber de onde partiu o soco de Vitor Belfort. O americano já caiu mal. Tentou fechar a guarda, Vitor saiu e ele tentou se levantar. Foi a deixa para levar o golpe final. Um chute e o primeiro nocaute da carreira de Hendo. Festa dos torcedores na Arena Goiânia, que cantavam que "o campeão voltou".
Confira os resultados do UFC: Belfort x Henderson
Vitor Belfort venceu Dan Henderson por nocaute a 1m17s do round 1
Cezar Mutante venceu Daniel Sarafian por decisão dividida (28 a 29, 30 a 27 e 30 a 28)
Rafael Feijão venceu Igor Pokrajac por nocaute técnico (desistência) a 1m18s do round 1
Brandon Thatch venceu Paulo Thiago por nocaute técnico (desistência) aos 2m10s do round 1
Ryan LaFlare venceu Santiago Ponzinibbio por decisão unânime (30 a 27, 30 a 27 e 30 a 27)
Jeremy Stephens venceu Rony Jason por nocaute aos 40s do round 1
Sam Sicilia venceu Godofredo Pepey por nocaute técnico a 1m42s do round 1
Omari Akhmedov venceu Thiago Bodão por nocaute aos 3m31s do round 1
Thiago Tavares venceu Justin Salas por finalização (mata-leão) aos 2m38s do round 1
Adriano Martins venceu Daron Cruickshank por finalização (kimura) aos 2m49s do round 2
Dustin Ortiz venceu José Maria No Chance por nocaute técnico aos 3m19s do round 3

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VEJA O VÍDEO DO ESTUPRO DA MENINA DE 14 ANOS NA COLÔNIA AGRÍCOLA PENAL NO PARÁ QUE REPERCUTIU NO MUNDO

SOMENTE PARA MAIORES DE DEZOITO ANOS. FOTOS NUAS DE BB!

Divulgada lista de aprovados no concurso para cargos de escrivão, investigador e papiloscopista