Prefeita Eliene fala sobre as famílias do Vale do Tapajós

A ocupação desordenada vem produzindo uma questão profunda em Itaituba em função do déficit habitacional acumulado por décadas. As invasões de sem tetos em propriedades particulares tem colocado essa questão na pauta de ações dos instrumentos de defesa social da administração pública municipal.
Há sete anos, uma área de terra particular no Vale do Tapajós foi objeto de ocupação de 13 famílias, e depois de lutas judiciais colocando em foco o direito á propriedade, veio à ordem de despejo e os transtornos.

Os moradores disseram que investiram economias na construção de suas casas e que foram enganados pela pessoa que teria vendido o terreno. Evaristo Silva disse que se sente lesado, pois, comprou um terreno por 30 mil reais e quer recuperar o dinheiro.

Sobre essa questão, a prefeita Eliene Nunes disse nesta quinta-feira que a administração dará o amparo legal e social às famílias agora sem tetos que todos inclusos no programa Aluguel Social da Secretaria Municipal de Assistência Social. Eliene ressaltou ainda que no terreno árvores foram derrubadas e o proprietário será notificado por dano ambiental pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Produção.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VEJA O VÍDEO DO ESTUPRO DA MENINA DE 14 ANOS NA COLÔNIA AGRÍCOLA PENAL NO PARÁ QUE REPERCUTIU NO MUNDO

SOMENTE PARA MAIORES DE DEZOITO ANOS. FOTOS NUAS DE BB!

Divulgada lista de aprovados no concurso para cargos de escrivão, investigador e papiloscopista