O Pará na linha de fogo

Com um efetivo que é menos da metade do necessário para prover segurança pública à população, a Policia Militar do Pará não controla a bandidagem que assola o Estado: são 20 anos de descaso com o aparelhamento da guarda.
para
Na madrugada dessa quinta-feira (30), a cidade do Vizeu sofreu mais do mesmo que ocorre em todo o Pará: uma quadrilha explodiu duas agências bancárias e fez a feira.
A bandidagem mostra quem manda: os bandidos, para intimidar o efetivo, abriram fogo contra a delegacia e o quartel da Polícia Militar.
Os prédios de duas secretarias de Estado e o Centro Integrado do Governo, já receberam visitas de bandidos em ações similares, a cidade de Belém está entre as mais violentas do mundo, não tem valente que ande nas ruas sem medo e o tráfico fez pouso certo no Pará.
No paço, o governo é bipolar: “enxuga” a folha com cortes remuneratórias ao mesmo tempo em que nomeia mais assessores além dos milhares que já tem, inventando o paradoxo da estupidez.
E a esquizofrenia do staff governamental é saber se o governador é candidato à reeleição, e se não, quem será, quando, como e onde, para poder arrecadar o soldo da campanha.
Por essas e outras é que Simão Jatene deve estar considerando pedir para a Maria Fumaça parar para ele poder descer.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VEJA O VÍDEO DO ESTUPRO DA MENINA DE 14 ANOS NA COLÔNIA AGRÍCOLA PENAL NO PARÁ QUE REPERCUTIU NO MUNDO

SOMENTE PARA MAIORES DE DEZOITO ANOS. FOTOS NUAS DE BB!

Divulgada lista de aprovados no concurso para cargos de escrivão, investigador e papiloscopista