segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Resenha eleitoral

segunda-feira, 31 de outubro de 2016 - by Andre Paxiuba 0


Shot004
Encerrado e apurado ontem (30), o segundo turno das eleições municipais coloca três partidos considerados nanicos do comando de três grandes capitais do Brasil: o PRB administrará o Rio de Janeiro, com Marcelo Crivella, o PHS comandará Belo Horizonte, com Alexandre Kalil e o PMN administrará Curitiba com Rafael Greca.
O grande vencedor das capitais no segundo turno foi o PSDB, que, repetindo o desempenho do primeiro turno, conquistou o maior número de prefeituras de capitais e avançou em municípios com mais de 200 mil eleitores, conquistando, nas eleições municipais recém encerradas, 28 grandes cidades.
Com esse número de cidades com mais de 200 mil eleitores, o PSDB quebra o recorde do PT, quem em 2008 fez 25 prefeituras nesse seguimento.
O PT aliás, já visto isso desde o primeiro turno, foi levado ao fundo do poço nessas eleições. No primeiro turno elegeu apenas o prefeito de uma capital, Rio Branco, e no segundo turno não elegeu ninguém. O PT, portanto, dos 16 prefeitos que elegeu em 2012, em cidades com mais de 200 mil eleitores, reduziu-se a um único prefeito em 2016.
O PMDB, embora tenha elegido o maior número de prefeitos do Brasil, nas cidades com mais de 200 mil eleitores perde para o PSDB e fica na segunda colocação.
Abaixo um infográfico mostrando como estavam distribuídas partidariamente as cidades com mais de 200 mil habitantes, aí incluídas as capitais (barra da esquerda) e como ficarão a partir de janeiro de 2017, (barra da direita).  
 Shot001
Como se vê, em termos absolutos, o PSDB foi o partido que mais cresceu nesse seguimento, saindo de 15 para 28 prefeituras, seguido pelo PMDB que saiu de 10 para 14.
Abaixo, como ficará a distribuição partidária dos municípios do Brasil a partir de janeiro de 2017, representada pela coluna de cor mais forte. A coluna mais apagada representa o tamanho que o partido conquistou em 2012. A comprarão permite verificar se o respectivo partido cresceu ou diminuiu. 
Shot002
Como se constata no gráfico, o PMDB é o partido com mais prefeituras, seguido pelo PSDB e PSD.
Em Belém reelegeu-se o prefeito Zenaldo Coutinho (PSDB), em uma acirrada disputa com o ex-prefeito e atual deputado federal Edmilson Rodrigues (PSOL). Coutinho, que no início da eleição de primeiro turno era tido por muitos como fora da disputa do segundo turno, opinião que sempre discordei, pois é muito difícil um prefeito não ser um dos polos da eleição, chegou na frente dos demais concorrentes já no primeiro e venceu o segundo com uma margem de 4,66 pontos percentuais sobre o seu adversário.
Shot003

Tags:

0 comentários:

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Traduzido por: Template para Blog